É preciso viver o luto.

Oi pessoal, tudo bem? Espero que sim.
Infelizmente no dia 31minha avó Narcinda, mãe do meu pai partiu para a vida eterna…
Como ela morava em São Bento do Sul (SC) e eu moro no Rio de Janeiro… Então foi tudo muito rápido.
Bem, o caso é que por mais que todos saibamos que a morte é inevitável, ninguém está preparado para ela. A verdade é que Deus colocou a eternidade no coração do homem e por isso a idéia da morte é tão repulsiva para nós.
Quando perdemos uma pessoa que amamos, temos que chorar e lamentar mesmo. Temos que deixar doer. Temos que chorar para sermos consolados.
Mas talvez o mais importante seja dizer, ainda em vida o quanto aquela pessoa é inevitável importante e quanto a amamos. Temos que fazer isso sempre e logo… Nunca sabemos o dia de amanhã… Pode ser que não haja…
De toda forma, a verdade é que cada um tem um tempo do luto. Creio que esse período deve ser respeitado e vivido. Levamos tempo para superar uma perda, seja ela qual for. Pode ser um emprego, um relacionamento, um sonho que não se realizou…
E como superar? Bem, creio que a primeira coisa é não negar a realidade. Sim, aceitar que aquele fato ocorreu é o primeiro passo para a superação. Depois, chorar. Sim, isso mesmo. Chore, grite, faça o que tiver que fazer… Sem essa de “ser forte”. Quem disse que os fortes não choram? Jesus chorou. Porque vc não pode chorar? E olha que a bíblia diz que Jesus chorou mais de uma vez.
Enquanto a viver o luto é algo mais complexo… As tradições judaicas jejuam e choram por uma semana pelo menos… Os católicos celebram missas em memoria do falecido para ajudar no processo de superação da perda. Já os evangélicos não tem o hábito de relembrar publicamente o falecido após o sepultamento, ao menos aqui no Brasil não, aqui se faz o ofício fúnebre e fim.
Mas independente da religião ou crença, creio que seja essencial e crucial ter um tempo para lamentar a perda. E depois nunca perder de vista que a vida segue.
Eu não sou nenhuma especialista em luto, mas acredito que seja esse o caminho…
E quanto a saudade… Ahn… Ela sempre vai estar lá… E quando ela aparecer não se prive de sentir. E se der vontade de chorar, chore de novo. Chore sempre que precisar, porque no final, não precisamos ser “fortes”, mas precisamos ser curados de toda dor.
Até a próxima pessoal.

http___signatures.mylivesignature.com_54492_342_146A39A6875AE59B616D9E3B51677F9F

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s