Dia a dia · Maternidade · Projeto de vida

O que é ser mãe?

Gente, nunca responderam essa minha pergunta. O que é ser mãe. Minha experiência pessoal, como criança era que ser mãe não era tão legal. Eu sou fruto de uma gravidez não planejada e indesejada. Minha mãe engravidou ainda muito nova e meu pai sequer soube disso. Só fomos nos conhecer quando eu tinha 27 anos.

Bem, o caso é que eu nunca quis ser mãe. Sempre que me perguntavam eu dizia que não teria filhos, que não me casaria, moraria sozinha e seria independente. Mantive esse pensamento até os 18 anos mais ou menos…

Aos 19 conheci meu marido e me converti genuinamente ao evangelho.

Aos 23 me casei, aos 27 fui mãe pela primeira vez e aos 32 mãe pela segunda vez.

Fui programada para ser da geração Y, feminista e autossuficiente. Vocês tem idéia de como essa “formatação” é incompatível com o que me tornei efetivamente? Quando me casei tive que entender que o homem é que tem a obrigação de prover a casa. Não, não é machismo, os direitos são iguais, mas os deveres são diferentes! Sim, tenho o direito de trabalhar fora, mas tenho o dever de cuidar da casa ou arrumar um jeito de deixá-la em ordem. Desta mesma forma, o homem tem o dever de ser o provedor e responsável pela família sim. Gente, quando entendi que essa responsabilidade não é minha, foi um alívio tão grande! Quero ressaltar que me casei com um homem bom, que me ama, que faz tudo por mim, que me sustenta e quer o melhor pra mim. Sim, eu escolhi muito, não queria me casar com qualquer um.

Lembro que pensei assim: Se é pra me casar, vou seguir o conselho da minha avó, ele tem que ser um bom filho e trabalhador. Minha avó diz que um bom filho é um bom marido e um bom pai, e trabalhador nem precisa explicar né? Casar com preguiçoso não dá! Imagina só, eu tendo que acordar cedo, trabalhar à beça, chegar cansada e o “bonitão” ficar o dia todo vendo futebol na TV… Ou na rua “com os zZamigos”. Fala Sério!

Ter filhos foi maravilhoso. É cansativo à beça. Ser mãe demanda muito de mim. Da minha saúde física, da minha saúde mental… Meus filhos são exigentes. Não aceitam menos que o melhor. Querem comer salada e frutas todos os dias porque dizem que é saudável. O mais velho fica dizendo que estou “gordinha” e que eu vou ficam mais bonita quando tiver o corpo que eu tinha quando casei… Ok, falta pouco, vou chegar lá!

Ser mãe e esposa demanda mais da minha inteligência do que eu imaginei. Tenho que ser organizada, saber sobre plantas, planetas, trânsito, política, lei, preços e economia doméstica.

Ahn sim, me formei sim, sou advogada. Ainda tenho meus sonhos profissionais, e até sou cobrada pela maioria das pessoas que eu conheço para que me torne juíza ou algo do gênero. Já tive mais pressa que esse dia chegasse. Mas hoje, eu vivo coisas que carreira alguma me dá. Sei que tudo tem o seu tempo, e hoje, é tempo de ser mãe e preparar esses pequenos para que eles sejam homens maravilhosos e façam felizes suas futuras esposas. É tempo de dedicar cuidados ao meu esposo para que ela possa chegar o mais longe que puder.

Quanto à mim, quem disse que isso não faz parte de cuidar da minha carreira?

Bom, no final, o que eu quero dizer é: Nada saiu como o planejado. Ainda bem, porque ser mãe e esposa é a melhor coisa do mundo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s